Meus Serviços
Meu Carrinho0
Ordenar
O produto foi adicionado a sua lista de favoritos com sucesso!Não foi possível adicionar o produto a sua lista de favoritos. Tente novamente mais tarde.
  • Descrição
  • Características
Como todas as grandes histórias de amor, La Nuit Trésor é a narrativa de um encontro inesperado entre duas nobres flores: a Rosa negra e a Orquídea Tahitensis. Tão diferentes e ao mesmo tempo tão harmoniosamente mescladas nesta nova assinatura, elas emergem como se tivessem sido feitas uma para a outra. As duas flores se unem em uma fragrância instantaneamente reconhecível com incrível difusão e fixação. Este encontro sem precedentes confere a La Nuit Trésor uma expressão de sensualidade, mistério e paixão.

Uma cativante Rosa Negra:
Eternamente o símbolo de Lancôme e de cada frasco de Trésor há 25 anos, esta rosa recebe um toque de preto, finamente esculpido, criando a essência da ultrafeminilidade e incorporando o amor absoluto através da graça de suas notas florais distintas e contemporâneas. A essência de Rosa de Damasco é eletrificada pela quintessência da rosa – o óxido de rosa – e seu coração pulsante oferece uma dimensão vertical vibrante, que em seguida é refrescada por um acorde de Lichia.

A Fragrância:
A composição viaja através de ondas místicas de Incenso Natural, transcendida pela profundidade do Patchuli, acariciada por resinas de benzoína e finalmente inflamada com Papiro. As delícias inebriantes da baunilha ensolarada e irresistivelmente sensual. A Baunilha da Orquídea Tahitensis, apelidada de o ouro negro da perfumaria pelos mestres da arte, é tão sensual quanto à pele banhada pelo sol. Rara e fascinante, ela expressa o reino enigmático e quase afrodisíaco da noite. Seu poder inebriante é amplificado ainda mais pelo irresistível Praline, com uma dose sem precedentes na perfumaria.

A perfeita harmonia:
Criado no mais puro espírito da fina joalheria contemporânea, um frasco excepcional, feito por Lancôme. Finamente lapidado com um peso em vidro admiravelmente simétrico, seu formato único é inspirado no Trésor original de 1952, um diamante bruto lapidado em 75 facetas.

Como uma pedra preciosa radiante e cintilante, sua transparência revela toda a sedução de uma fragrância delicadamente tingida de rosa. Ele é coroado pelo adorno de uma rosa de cetim preto amarrado em torno de seu pescoço, ressaltando ainda mais o aspecto absolutamente sedutor deste tesouro da feminilidade.

Apresentada de forma sublime, a fragrância simplesmente irradia desejo. A elegância da quintessência francesa é revelada através de cada detalhe do frasco.
  • Descrição
    Como todas as grandes histórias de amor, La Nuit Trésor é a narrativa de um encontro inesperado entre duas nobres flores: a Rosa negra e a Orquídea Tahitensis. Tão diferentes e ao mesmo tempo tão harmoniosamente mescladas nesta nova assinatura, elas emergem como se tivessem sido feitas uma para a outra. As duas flores se unem em uma fragrância instantaneamente reconhecível com incrível difusão e fixação. Este encontro sem precedentes confere a La Nuit Trésor uma expressão de sensualidade, mistério e paixão.

    Uma cativante Rosa Negra:
    Eternamente o símbolo de Lancôme e de cada frasco de Trésor há 25 anos, esta rosa recebe um toque de preto, finamente esculpido, criando a essência da ultrafeminilidade e incorporando o amor absoluto através da graça de suas notas florais distintas e contemporâneas. A essência de Rosa de Damasco é eletrificada pela quintessência da rosa – o óxido de rosa – e seu coração pulsante oferece uma dimensão vertical vibrante, que em seguida é refrescada por um acorde de Lichia.

    A Fragrância:
    A composição viaja através de ondas místicas de Incenso Natural, transcendida pela profundidade do Patchuli, acariciada por resinas de benzoína e finalmente inflamada com Papiro. As delícias inebriantes da baunilha ensolarada e irresistivelmente sensual. A Baunilha da Orquídea Tahitensis, apelidada de o ouro negro da perfumaria pelos mestres da arte, é tão sensual quanto à pele banhada pelo sol. Rara e fascinante, ela expressa o reino enigmático e quase afrodisíaco da noite. Seu poder inebriante é amplificado ainda mais pelo irresistível Praline, com uma dose sem precedentes na perfumaria.

    A perfeita harmonia:
    Criado no mais puro espírito da fina joalheria contemporânea, um frasco excepcional, feito por Lancôme. Finamente lapidado com um peso em vidro admiravelmente simétrico, seu formato único é inspirado no Trésor original de 1952, um diamante bruto lapidado em 75 facetas.

    Como uma pedra preciosa radiante e cintilante, sua transparência revela toda a sedução de uma fragrância delicadamente tingida de rosa. Ele é coroado pelo adorno de uma rosa de cetim preto amarrado em torno de seu pescoço, ressaltando ainda mais o aspecto absolutamente sedutor deste tesouro da feminilidade.

    Apresentada de forma sublime, a fragrância simplesmente irradia desejo. A elegância da quintessência francesa é revelada através de cada detalhe do frasco.
  • Características
Quem viu, viu também

Quem viu, viu também

Compartilhe na sua rede social preferida!