Ordenar
  • Descrição
  • Características
La Panthère Eau de Toilette é mais que um perfume; é um instinto, criado para realçar a sensualidade animal de toda mulher. Cada mulher esconde dentro de si sua natureza felina. É uma pantera que exala sensualidade e liberdade, um chipre floral surpreendente baseado na gardênia, levado por Mathilde Laurent aos limites da natureza animal. A Fragrância: O Eau de Parfum La Panthère é um floral-felino, fruto do casamento entre uma gardênia pura e indelével com as notas sensuais do almíscar. Em 2014, Mathilde Laurent se inspirou no símbolo da Cartier para criar a encarnação olfativa da pantera. A combinação única entre chipre, gardênia e almíscar traduz a visão contemporânea das fragrâncias Cartier: fugir da monotonia e, em vez disso, suscitar emoções. No Eau de Toilette La Panthère, Mathilde Laurent criou uma fragrância feminina assertiva e luminosa, tão leve quanto o ar. Vaporoso, sem peso e gracioso, o aroma da gardênia se espalha. Mais leve que nuvem. Um sopro luminoso de flores brancas que planam. Aos poucos, a majestosa pantera desperta, adornada com um floral alegre com uma lembrança remota de almíscar, camuflada por trás de uma pele animal aveludada convertida em um cristalino imaterial. O Frasco: Um frasco atraente à altura da surpresa olfativa que ele contém, representando a cabeça de uma pantera esculpida no vidro. O vidro claro e facetado do frasco, com tampa bordada de rosa, brilha com a intensidade da fragrância que emerge da euforia floral nele contida.
  • Descrição
    La Panthère Eau de Toilette é mais que um perfume; é um instinto, criado para realçar a sensualidade animal de toda mulher. Cada mulher esconde dentro de si sua natureza felina. É uma pantera que exala sensualidade e liberdade, um chipre floral surpreendente baseado na gardênia, levado por Mathilde Laurent aos limites da natureza animal. A Fragrância: O Eau de Parfum La Panthère é um floral-felino, fruto do casamento entre uma gardênia pura e indelével com as notas sensuais do almíscar. Em 2014, Mathilde Laurent se inspirou no símbolo da Cartier para criar a encarnação olfativa da pantera. A combinação única entre chipre, gardênia e almíscar traduz a visão contemporânea das fragrâncias Cartier: fugir da monotonia e, em vez disso, suscitar emoções. No Eau de Toilette La Panthère, Mathilde Laurent criou uma fragrância feminina assertiva e luminosa, tão leve quanto o ar. Vaporoso, sem peso e gracioso, o aroma da gardênia se espalha. Mais leve que nuvem. Um sopro luminoso de flores brancas que planam. Aos poucos, a majestosa pantera desperta, adornada com um floral alegre com uma lembrança remota de almíscar, camuflada por trás de uma pele animal aveludada convertida em um cristalino imaterial. O Frasco: Um frasco atraente à altura da surpresa olfativa que ele contém, representando a cabeça de uma pantera esculpida no vidro. O vidro claro e facetado do frasco, com tampa bordada de rosa, brilha com a intensidade da fragrância que emerge da euforia floral nele contida.
  • Características
Quem viu, viu também

Quem viu, viu também

Compartilhe na sua rede social preferida!